Central Otago

Nova Zelândia

A região de Central Otago é repleta de um cenário poderoso e ensolarado, cercado por altas montanhas, campos de ervas alpinas e longos e rápidos rios.

Em 1860 essa era uma região totalmente voltada para a exploração do ouro e, embora ainda hoje seja possível garimpá-lo em meio a velhas trilhas, casas de pedra e relíquias de maquinaria mineira, o tesouro atual de Central Otago são seus vinhos. O Pinot Noir, talvez a variedade de uvas mais inconstante, se sobressai nesses vinhedos mais meridionais e a maioria das vinícolas recebe visitantes para tours e degustação de vinhos.  

 

Muitos turistas optam por alugar uma campervan ao visitar a região, pois dessa forma é possível visitar alguns dos locais mais remotos de Central Otago, com cenários incríveis que você frequentemente terá apenas para você. Caminhe por entre campos floridos em Alexandra, embarque em um cruzeiro em Lakes Dustan ou Roxburgh ou pedale pela Central Otago Rail Trail, onde os 150 quilômetros de trilha seguem a rota da antiga ferrovia e é possível pedalar de estação em estação de hospedando em locais praticamente intocados pela modernidade.

Opções de acomodação em Central Otago vão desde lodges luxuosos localizados em paisagens inspiradoras até B&B’s peculiares, albergues em prédios históricos, motéis e locais para acampamento, e certamente você será bem recebido seja lá qual for sua escolha.

Dicas importantes

  • Considere ao menos 1 hora e ½ para dirigir de Queenstown a Alexandra, e 2 horas e ½ se estiver saindo de Dunedin.
  • A região é acessível pelas principais rodovias desde Christchurch, Dunedin, Invercargill, Queenstown e Costa Oeste via Wanaka.
  • Várias pequenas cidades pelo caminho não oferecem postos de gasolina, então certifique-se de que seu veículo está com tanque cheio antes de visitar áreas mais remotas.
  • Durante o inverno (junho a agosto) as condições das estradas exigem cuidado e atenção redobrada dos motoristas, já que gelo e neve são esperados.

 

Developed by André Feijó