Christchurch - Canterbury

Nova Zelândia

A região de Canterbury estende-se do oceano até os alpes, com um terreno que mescla lindamente planaltos e picos. É um local de variedades e inúmeras atrações.

A apenas duas horas de distância do aeroporto internacional você pode esquiar, jogar golfe, saltar de bungy jump, fazer rafting, pedalar, praticar windsurf, observar baleias em seu habitat natural e visitar vinícolas e jardins de primeira categoria. Em que outro lugar do mundo você pode fazer isso?

 

Um atrativo que deve ser visitado é o Aoraki Mount Cook, o pico mais alto da Nova Zelândia. Faça caminhadas pelo Parque Nacional de Arthur’s Pass ou apenas passeie pelas baías e vilas pitorescas de Banks Península.

Ainda nessa região fica a segunda maior cidade da Nova Zelândia: Christchurch, conhecida como a Cidade Jardim. Em Fevereiro de 2011, Christchurch foi atingida por um grande terremoto que destruiu grande parte do centro da cidade e sua arquitetura neo-gótica. No entanto, esta ainda é uma bela cidade a ser visitada, onde é possível pedalar às margens do rio, se hospedar em ótimos hotéis e desfrutar de gastronomia sofisticada, além do fato de ser possível partir dali para aventuras como surfe e trilhas de mountain bike – tudo isso a apenas 15 quilômetros do centro. Os prédios podem ter sido destruídos mas a alma da cidade e o espírito receptivo dos que moram ali permanecem intactos.

Dicas importantes

  • O aeroporto internacional de Christchurch recebe vôos da Austrália, Ásia, Reino Unido e Estados Unidos, sendo uma conveniente porta de entrada para outras cidades da ilha sul.
  • Mount Hutt é normalmente o primeiro campo de esqui a abrir e o último a fechar na temporada de esqui.
  • A cidade de Timaru tem um aroporto doméstico que recebe vôos diretos de Wellington.

Developed by André Feijó