Fiordland

Nova Zelândia

A região de Fiordland apresenta uma das paisagens mais bonitas e dramáticas da Nova Zelândia. Esculpida por glaciares a cerca de 100 mil anos, a paisagem é daquelas onde cachoeiras descem centenas de metros em cascata em direção a negros e profundos fiordes, onde florestas antigas intocadas pelo homem se apegam às montanhas e onde lagos cintilantes e picos de granito preservam-se da mesma forma como eram milhares de anos atrás.

O Parque Nacional de Fiordland é tombado Patrimônio Mundial da Humanidade e inclui os fiordes de Milford, Dusky e Doubtful. Rudyard Kipling descreveu Milford Sound como sendo a oitava maravilha do mundo - embarque em um vôo cênico sobre esse fiorde e você entenderá o motivo.

Com 421 metros, Doubtful Sound é o mais profundo dos fiordes neozelandeses, sendo um paraíso natural que abriga golfinhos, focas e pinguins.

 

Alguns dos fiordes podem ser explorados em caiaques, no entanto, esse é certamente o lugar ideal para caminhadas sen do que o Parque Nacional de Fiordland abriga três das consideradas melhores caminhadas do país: as trilhas de Milford, Kepler e Routeburn. A Milford Track é indiscutivelmente a trilha mais famosa da Nova Zelândia: começando em Te Anau, ela leva os visitantes por entre 53 quilômetros de paisagens de tirar o fôlego, com montanhas, lagos e vales enormes até a cachoeira Sutherland, a mais alta do país. Tipos de acomodação na região são simples e vão desde as mais básicas cabanas até acomodações oferecendo um nível de conforto que pode ser considerado “melhor-que-o-normal”.

 Dicas importantes

  • Serviços de ônibus diários ligam Queenstown, Dunedin e Invercargill à cidadela de Te Anau.
  • A cia aera Air Fiordland opera vôo cênicos e privativos saindo do aeroporto de Te Anau.
  • Ao visitar uma região de geografia extrema, os visitantes devem estar preparados para mudanças de clima imprevisíveis e repentinas.
  • O túnel Homer é o ponto alto da estrada à Milford Sound: ele foi escavado nas rochas.

 

 

Developed by André Feijó